Viagens passadas, presentes e futuras

Segóvia de Balão: Um bate-e-volta diferente a partir de Madri

Olá! Você está acompanhando os posts sobre nossa viagem à Espanha? Se ainda não leu o post sobre nosso roteiro de 21 dias na Espanha, clique aqui para ler.

Como contamos no post sobre Madri (veja aqui), passar alguns dias na capital espanhola te dá a oportunidade de conhecer algumas incríveis cidades próximas em passeios bate-e-volta de um dia, tais como Toledo e Segóvia.

No post anterior, contamos como foi conhecer a charmosa cidade de Toledo (confira aqui os detalhes) saindo de trem de Madri. Hoje vamos contar como foi a experiência de conhecer outra cidade próxima: Segóvia!

Catedral de Segóvia vista do nosso passeio de balão


Por que ir a Segóvia?

Segóvia fica a aproximadamente 90km de Madri, sendo fácil ir de carro ou de trem em menos de 1 hora. A cidade é um destino turístico bem menos popular que Toledo, mas conserva a mesma atmosfera característica de uma cidade medieval, com destaque especial para o famoso aqueduto romano, sua imponente Catedral gótica, partes ainda preservadas da muralha da cidade, ruelas estreitas e belas praças.

Porém, o que nos levou a Segóvia foi a chance de fazer um passeio diferente: conhecer a cidade pelo alto, a bordo de um balão!

Nosso balão momentos antes de decolar


Como foi o passeio de balão?

Esse não foi nosso primeiro passeio de balão. Na nossa lua de mel, fizemos um passeio de balão pela região da Toscana na Itália e adoramos a experiência! Por isso resolvemos repetir a dose na Espanha.

Para isso, contratamos o passeio pela empresa Aerotours, especializada em passeios de balão em cidades como Segóvia, Ávila, Toledo, Aranjuez dentre outras. Como é necessário contar com um tempo bom para realizar o voo, é importante que você indique algumas opções de dias para fazer o passeio.

É importante também deixar claro se você precisará de transporte até o local da decolagem ou se irá por conta própria, pois pode haver um custo adicional. No total, pagamos 145 Euros por pessoa.

No dia combinado, a van da empresa nos buscou próximo ao apartamento em que estávamos hospedados em Madri às 5:50 da madrugada, pois o balão deve decolar logo após o nascer do sol. Fomos de carro até o local de partida, um descampado bem próximo à entrada da cidade de Segóvia, onde conseguimos apreciar um lindo (e gélido) nascer do sol, além de uma bela vista da cidade!

Vista da cidade com o sol nascendo no local de partida do nosso voo de balão

Como ainda estava bem cedo quando chegamos, o termômetro marcava -1°C!!! Isso mesmo, quase congelamos quando chegamos, mas de acordo com a equipe responsável pelo balão o dia estava com ótimas condições para o voo.

Aos poucos, o sol foi aparecendo e a temperatura foi subindo para níveis toleráveis enquanto acompanhávamos a preparação do balão! Ao contrário do passeio que fizemos na Itália, quando usamos um cesto para 5 pessoas, dessa vez o balão era bem maior, com capacidade para até 16 pessoas além do piloto.

Passamos frio durante a preparação para o vôo

Aos poucos os demais passageiros foram chegando e em pouco tempo já estávamos prontos para decolar. Todos a bordo, instruções de segurança repassadas e já era hora de se acomodar no cesto e se preparar para a aventura!


Todos a bordo, hora de voar

Rapidamente o balão vai ganhando altitude e tudo parece pequeno lá de cima. Aos poucos o som da cidade vai sumindo e um silêncio absoluto vai tomando conta do ambiente.


Sombra do balão enquanto ganhávamos altitude

À medida que vamos subindo e o sol vai saindo, as nuvens vão se dissipando e mostrando a cidade inteira, com seus principais cartões postais vistos por um ângulo diferente, sem fila, sem tumulto e sem pressa.


Aqueduto romano de Segóvia visto do balão

É importante mencionar que o vôo é super seguro e todo o trajeto do balão é monitorado e acompanhado pela equipe em terra que passa orientações e troca informações a todo o momento com o piloto. Geralmente, o balão não voa muito alto para que você possa apreciar a vista, mas em função da diferença de ventos, o piloto precisará ir mais ou menos alto em cada ponto do voo para aproveitar as correntes de ar e evitar que o balão pouse sobre a cidade. No nosso voo, chegamos até 1.000 metros de altitude no balão antes de começarmos a descida.


E depois de pousar, o que acontece?

O voo durou cerca de 1 hora e após o pouso foi servido um café da manhã com biscoitos, pastinhas, sucos e espumante para confraternização dos passageiros e entrega dos certificados de voo! No final, todos ajudam na arrumação do balão.

Após o pouso, a equipe da Aerotours nos deixou no centro de Segóvia e nos deram um tempinho para conhecer o centro a pé e ver de perto tudo aquilo que já havíamos visto lá de cima.

Aqueduto de Segóvia, dessa vez visto de perto! :)

Após nosso passeio pelo centro de Segóvia, nos buscaram no ponto marcado e em aproximadamente uma hora nos deixaram sãos e salvos em Madri em tempo de almoçarmos muito bem lembrando da nossa aventura a bordo do balão.

E você, já voou de balão? Já foi a Segóvia de alguma outra forma? Conta pra gente ali embaixo na caixa de comentários! Continue acompanhando os próximos posts da nossa viagem à Espanha e Vamos pelo Mundo!


Booking.com

Compartilhe:

0 comentários:

Postar um comentário